Arquivo da tag: Micha

168- Fantasia

Making Off

Que bagunça!
A única coisa que eu tinha da minha fantasia era uma peruca de Willy Wonka que a Micha havia levado. Todo o resto, foi trabalho do Filipe.
Ele tinha mil fantasias escondidas na sua manga, ou melhor, na sua casa.
Sai de lá na maior realeza. Do Willy Wonka só restou a peruca.

casa-do-filipe

Registramos o estrago e subimos as ruas do Macksoud Plaza com nossas capas encantadas dançando ao vento frio da madrugada de quinta pra sexta. Fomos bem assediados… Hehehe…

Algumas imagens da festa:

inter

manu

mauricio

oliver

oliver-dani

danileo

elminho

mau-rei

todo-mundo

Minha pretensão era sair antes das duas da manhã, tomar um táxi direto pro apto da irmã…
A realidade? 5 horas da manhã e a gente ainda estava pedindo hamburguer de picanha…

Finalizamos a festa fazendo mais bagunça na hamburgueria.
Maurício colocando a minha jaqueta ao contrário, Interlandi me jogando pro Maurício, a culpa do Filipe, Oliva assediando a Manu, o filho do cara do Éramos Seis, Micha Axl Rose…

De novo!

Anúncios

167- Meus Queridos

Meus queridos da Criacittá.

143- Unicamente Gastronômicos

hamburgueria05

Semana passada, a Micha convidou eu, Oliva e Manu pra irmos consumir o Voucher que ela ganhou da Revista Trip.

hamburgueria01

Achar a Rua Dr. Mario Ferraz, 404 (anote esse endereço, special person) não foi uma tarefa fácil.
Bagunçamos muito até encontrar a Matriz Hamburgueria Bar, que estava incrustrada no coração do Itaim Bibi, naquelas ruas lindas e desejáveis.

hamburgueria02

hamburgueria03

Esbaldamo-nos com sabores únicos.

hamburgueria04

Eu escolhi um Arabian, hamburguer inspirado na culinária árabe.
Preparado com fraldinha, castanhas e hortelã.
Sanduíche recheado com queijo, maionese, tomate, alface e rúcula, servido em um pão ciabatta redondo.
Para acompanhar, duas pastas: uma leva coalhada seca e especiarias; a outra é preparada com uma mistura de queijos e hortelã.

Putz, que delícia!

Pra molhar a garganta, um suco fantástico de frutas vermelhas.
Quando eu digo fantástico, elevem à décima potência.

Só de escrever isso e lembrar os sabores, fico salivando.

Grande noite.
Todo mundo feliz, cheio de fome e de bom humor.

hamburgueria06

Na volta, estávamos todos subindo a Brigadeiro Luiz Antônio e a Micha manda o Oliva parar o carro, assim do nada.

Santo Deus!

Eles, loucos de pedra, pararam o carro ao lado de uma construção arquitetônica de tirar o fôlego.
Na hora reconheci a melancia do mestre Ohtake.

unique01

Sim, estávamos a poucos segundo de subir até o Skye, o famoso bar do Unique.

unique02

Que incrível!

Uma outra dimensão, das tantas que ainda não conhecia em São Paulo.

Meu, o que é aquilo?
Como que eu ainda não tinha descoberto aquele lugar?
Que dimensão é aquela?

Isso sim foi uma deliciosa surpresa.
Depois de provar aquele hamburguer dos deuses, subir aos céus e ver aquela torre colorida que eu tanto fotografei lá no horizonte…
Vi uma nova perspectiva daqueles dias coloridos.

unique03

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!
Que especial!

Até o Obelisco do Ibira parecia maior daquele ângulo.

Gringaiada que sabe das coisas.
A gente subindo e descendo o elevador e eu só via gringo!

Sem palavras tomar uma breja naquele bar.
Sem palavras aquela parede de vidro.
Sem palavras aqueles aquecedores queimando um fogo charmosíssimo.
Sem palavras para descrever aquela piscina que mais parece um caminho para o horizonte.

Sem palavras…

Ps1: Créditos fotográficos by Micha;
Ps2: Micha, Oliva, Manu, quando eu receber o meu Voucher do Bar Cristal Grill, sintam-se convidadíssimos;
Ps3: Special Person, prepara-te!

111- SPFW 2009 & Animale

O processo criativo de um projeto cenográfico desde sua sementinha até seus frutos, passa por muitas mãos habilidosas.

É pensado dentro do cérebro, rabiscado em folhas brancas, escaneado, impresso, discutido, modelado em 3d, iluminado, construído, produzido, montado, pintado, transportado…
Envolve centenas de pessoas, atinge milhares…

Fazer parte desse processo faz bem pro peito.

Nem sempre temos oportunidade de compararmos o produto final ao nosso trabalho digital.
Quando temos, agarramos a oportunidade com as duas mãos.

Assim, acabei dia desses lá na SPFW pra visitar três espaços produzidos pela Criacittá: Oi, Havaianas e TAM.

Não consegui ver o espaço Havaianas, mas sapecamos por Oi, com direito a drinks e fotos da imensa estante de vidros cheios de brasilidade. (Lembro-me de ficar caçando texturas de pimentas e sementes brasileiras pra ilustrar o layout)…
Acabei até sendo fotografado no backdrop da Oi Fm.

O evento em si estava maravilhoso como sempre. Já havia trabalhado na SPFW na época que eu estagiava na Casio. Patrocinamos Carlota Joaquina.
Dessa vez fomos pela Criacittá.

Rapidamente encontramos o espaço TAM.
Nossa fada madrinha liberou VIPs e entramos todos naquele universo incrível.

O espaço TAM estava impecável.
Nem quem viu o projeto no papel não acreditava nos que os olhos mostravam.

De cara, ao entrar, já vi o Wado (chefe do nosso departamento) em todas as Lcds.
Ele era o apresentador do programa que a TAM preparou sobre artesanato do Brasil.

O Projeto TAM já nasceu promissor.
Nem bem tinha cara e já tinha brilho próprio.

Wado viajou durante dez dias para os principais destinos do país para buscar referências e obras do artesanato nacional.
De Belém do Pará à Olinda, ele coletou, pesquisou, fotografou e adquiriu a essência cultural de um Brasil colorido e criativo.
Quando regressou à empresa, trouxe consigo muitas fotos, histórias e obras de arte.

Ver tudo aquilo foi fundamental para que toda o processo criativo fosse único e muito verdadeiro.

Da logotipia inspirada na literatura de cordel ao sabor colorido de quitutes irresistíveis e originais preparados pela chef Ana Trajano… Da artesã Lili Castro que, dia a dia, bordou um vestido de festa do estilista Lino Viallaventura…
Estar ali, misturado aquelas cores e sabores, junto com amigos, chefes e fashionistas foi sem dúvida inesquecível.

O brinde da TAM foi o mais bacana de todos: uma dessas garrafinhas decoradas com areia colorida.

01-tam-ext

02-bonecos

03-tam-garrafinhas

04-shorney-vilkas

05-tam-fi-shor-inter

06-tam-ext-interlandi

07-oi-vidros

08-oi-vidros-2

09-oi-backdrop-inter-micha

10-oi-backdrop-john1

11-produtores1

12-todo-mundo

13-filipe-shorney

14-filipe-winehouse

15-flautista

16-musicistas

17-batuque

18-comes

19-bonequinhos

20-carnaval-de-olinda

21-circo

22-morros

Isadora, a nossa estilista da casa, conseguiu pra mim entrada para o desfile da Animale.
Não foi fácil entrar no desfile.
A entrada que a Isa havia me dado era diferente das entradas das outras pessoas na fila…

Eu perguntava para os seguranças o porquê da minha entrada ser diferente das demais e eles me mandavam ir conversar com assessoria.
Quando eu encontrava o pessoal da assessoria, eles me mandavam conversar com os seguranças…
Falei com Deus e o mundo da Animale, e todos não quiseram nem saber como eu tinha conseguido uma entrada diferente.
Cheguei quase a desistir de tentar entrar, mas já que estava por ali…

E foi assim, do nada, que uma senhora da fila olhou pra mim e me deu um ingresso válido!

O resto da história pode ser conferido nas fotos que tirei.

Juro que tentei encontrar a senhora caridosa. Precisava agradecê-la… Mas já não mais lembrava da fisionomia dela. Eram todas muito fashion…

O desfile foi animal.
Por mais muvuca que seja a experiência, na hora que as luzes se apagaram e a música começa a tocar, o coração sempre bate mais forte.
É bacana ver as meninas desfilando.
A coleção da Animale desfilou futurista, com cortes bacanas, armaduras redondas.

Por mais distante que seja viver esse universo, é interessante fazer parte dele, mesmo que por alguns instantes.
Definitivamente dá vontade de fazer moda.

spfw-01

spfw-02

spfw-03

spfw-04

spfw-05

spfw-06

spfw-07

spfw-08