151- Gracias, ‘Liva!

titifreak

Em meu caminho diário para a antiga Criacittá, dentro do busão, entrando pelo bairro da Liberdade, eu era atingido por imagens que me impactavam:

66
51
49

Por vários meses essas imagens ilustraram o meu inconsciente.
Elas me perturbavam ao mesmo tempo que me eram necessárias.

Eu ficava posicionado na janela, esperando o ônibus virar uma esquina, avançar o cruzamento e lá estavam elas.

Aquelas faces cadavéricas já não saiam mais dos meus pensamentos.
Elas estavam me influenciando, mesmo que ainda inconscientemente.

Pegava-me rabiscando entre um trabalho e outro, aqueles traços que havia encontrado nos muros da Liberdade.
Foi quando os rabiscos cairam aos olhos dos amigos.

Foi um pulo para descobrir que aquela arte era do talentoso Titi Freak, amigo da Leika.

Já não vejo mais aquelas faces tão familiares.
Já não tomo mais o velho busão elétrico que cortava o bairro da Liberdade.
Já não trampo mais na velha Cria.

Agora estou trampando na nova Cria, que fica na Vila Leopoldina.
O busão elétrico deu lugar ao trem.
E o caminho que o trem faz até a minha estação é meio mágico, passa por espaços inacreditáveis, ao redor de fábricas e indústrias…
Foi numa dessas que encontrei uma participação especial:

26

Acho que gosto tanto, pq uma das coisas que mais desenho são faces!

Nessa sexta-feira de tanto trampo, fiquei completamente surpreso ao ser abordado pelo garoto Oliva, o diretor de arte mais louco e querido da Criacittá.
Ele veio segurando um pacotão pesado, embrulhado num papel bem colorido com algumas dobraduras e uma etiqueta da Livraria Cultura e disse:
“-Tó, pra vc!”…………….

Ahhhhhhhhhhhhh…
Eu fiquei vermelho! Hahaha…

Nem era aniversário, nem nada!

Comecei a tentar abrir o pacote sem estragar o papel, mas fui ficando mais vermelho… Hahaha…
Os amigos ao lado, curiosos, também se juntaram ao acontecimento e eu ficando mais e mais vermelho até desistir de tentar abrir comportadamente e já rasgando o papel…

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh…

Oliva maluco!
Aquele dia, todos tinham ido almoçar no Shopping Villa Lobos e numa passagem rápida pela livraria, o guri olhou o livro e lembrou daquela minha admiração pelo trabalho do Freak.
Fazia tanto tempo que eu tinha comentado isso com ele!

Puta presente especial!
Não esperava.
Fiquei bobo de vergonha e alegria… Hehehe…

Corri pra mesa dele, levando o livro e uma caneta e pedi dedicatória:

“João Elias! Pra te inspirar nos trabalhos futuros… Um grande abraço, Oliva”.

Que querido!
Ele fez até uma caricatura dele!

Valeu, ‘Liva!
Não consigo parar de folhear as páginas desse livro. Presente perfeito!
Vão me inspirar totalmente.
Obrigado! Muito obrigado!

Ps: Impossível não se lembrar de um outro queridão ao ver o trampo do Freak! Crow, sempre vou me lembrar de vc quando ver os grafites do Titi Freak! Abração!

2 Respostas para “151- Gracias, ‘Liva!

  1. hehe , lembra d mim , que bom …! hauhaua
    Titi eh foda, naum tem como naum curtir neh .. hahaha!!
    valeu veio…
    vboa sortee na sua carreiraa…
    abrasss

  2. coloca meu site nos links ae do lado….. hahahaha >>>>

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s