135- In Love For an African Dreaming Song

diabatebjorklittle

Estava eu no conforto do meu sofá, joystick na mão, jogando e me divertindo horrores com LittleBigPlanet quando fiquei petrificado.
Larguei o controle na hora e fui aumentar o som da trilha sonora daquela fase.

Que som era aquele?
Que som divino era aquele?

Meu, eu não tinha noção de que uma simples fase pudesse revelar uma música perfeita.
Bah. Não conseguia mais jogar. Deixei a música fluir.

***Tapha Niang Mp3 Download***

A fase da girafa, dos gorilas. Jungle beat!
Meuuuuuuuuuuu, que gostoso jogar um game assim.
Uma fase perfeita, diversão sob medida, trilha sonora perfeita.
Isso mexe com o coração da gente, deixa a gente mole.

Música é tudo de bom.
Música boa então…

diabatebjoalbum

Só depois, bem depois, fui descobrir que aquela música instrumental era a música tocada por Toumani Diabaté e sua Simétrica Orquestra.
Diabaté é um virtuoso tocador de kora de 21 cordas que nasceu na capital do Mali, Bamako, numa família excepcional de músicos de kora. Ele é o maior virtuoso desse instrumento – uma espécie de harpa com uma caixa de ressonância feita de uma grande cabaça cortada ao meio e fechada com uma pele de vaca –, e o guardião de uma tradição clássica com mais de 700 anos.

Puta coincidência.

Quem é bom, por mais que a gente ouça apenas uma única vez e não dê tanta importância, sempre volta lá na frente.
Eu sentia que já tinha ouvido falar nesse cara.

Claro que tinha, foi ele que participou do álbum Volta da Björk.

diabatebjork

Foda, a islandesa sempre tá um passo a frente.

Eu já tinha baixado a trilha sonora do game e sincronizado no Ipod, mas até então só havia escutado Café Tacuba e Atlas Battle.
As outras faixas eu sempre passava.
Eu estava por demais viciado nessas duas músicas, ouvindo sem parar, sem parar, tipo, indo pro trampo e deixando no repeat até chegar lá.

Foi assim que descobri Tapha Niang.
Uma flechada direta no coração.

Mas então, reparei que a versão tocada no game era diferente da versão da trilha sonora.
Fui pesquisar essas versões e acabei encontrando uma polêmica:

————————————————-

(A Sony Computer Entertainment colocou no ar uma atualização para “LittleBigPlanet” que remove a letra da canção “Tapha Niang”, que traz passagens do Alcorão, o livro sagrado dos muçulmanos. A música continua no game, mas agora é apenas instrumental.
Por ora, a atualização está disponível apenas na Europa, mas deve chegar aos Estados Unidos em breve. O processo é automático, bastando rodar o game com o PlayStation 3 conectado à internet.
O imbróglio começou quando se descobriu que uma das músicas do game tinha referências ao Alcorão. Isso fez com que a Sony fizesse um recall do game, adiando seu lançamento.
Para corrigir as cópias já vendidas, agora foi lançada uma atualização online.

“LittleBigPlanet” é um game multiplayer de quebra-cabeça e interação social. A proposta do título é inovadora: trata-se de um jogo livre, em que os próprios jogadores inventam brincadeiras diversas, moldando as fases como desejar. Esses estágios podem ser compartilhados com outros usuários e a idéia é ter cada vez mais variedade, em conformidade com o espírito da web 2.0, em que a colaboração do público assume papel fundamental.

Em entrevista ao site da revista inglesa Edge, M. Zuhdi Jasser, presidente da organização sem fins lucrativos American Islamic Forum for Democracy, disse não concordar com a censura de “LittleBigPlanet” por conta de uma canção licenciada que cita duas passagens muito conhecidas do Alcorão, o livro sagrado dos muçulmanos.
“Os muçulmanos não podem se beneficiar da liberdade de expressão e religião e depois se virarem e pedirem, a qualquer momento em que forem ofendidos, que a liberdade alheia seja restrita. O mercado livre permite a expressão de desfavor ao simplesmente não comprar o game que pode ser ofensivo”, diz Jasser.
Ainda sobre o tópico, Toumani Diabate, músico responsável pela canção em questão, falou ao noticiário britânico News at Tem: “É bastante normal tocar música e ser inspirado pelas palavras do Profeta Maomé. É minha maneira de atrair e inspirar as pessoas em direção ao Islã”.
No entanto, a opinião de Diabate não é compartilhada por Shaykh Ibrahim Mogra, do Conselho Muçulmano Britânico: “Os muçulmanos acreditam que o Alcorão é a verdadeira palavra de Deus e o dá o mais devido respeito. Portanto, se estas forem usadas como acompanhamento de música ou se forem usadas em jogos ou comerciais — isto irritaria, ofenderia e magoaria muitos muçulmanos”.

A Sony Computer Entertainment Europe adiou o lançamento do título para PlayStation 3 depois que foram descobertas referências ao Alcorão, o livro sagrado do islamismo, em uma música de uma das fases do jogo.
“Durante o processo de revisão para o lançamento de LittleBigPlanet, chegou à nossa atenção que uma das músicas de fundo licenciadas de uma gravadora para uso no jogo contém duas expressões que podem ser achadas no Alcorão,” admitiu a companhia em uma declaração oficial.
“Nós entramos imediatamente em ação para retificar isso e pedimos sinceras desculpas por qualquer ofensa que possa ter causado”.
As duas frases encontradas na música da terceira fase (intitulada “Swinging Safari”) diziam “Todas as almas devem ter o gosto da morte” e, logo a seguir, na mesma música, “Tudo que está na terra deve perecer”, ambas na língua árabe.
A Media Molecule publicou uma declaração em seu site dizendo que queria liberar um arquivo de correção logo após o lançamento para remover as “expressões” do Alcorão, mas em vez disso a Sony preferiu fazer um “recall” das unidades enviadas para as lojas e adiar o lançamento para uma data posterior.
“Nós descobrimos ontem que há uma música em uma das trilhas licenciadas que algumas pessoas podem considerar ofensivas, e que passaram despercibas pelo usual processo de produção”, disse um representante no fórum da empresa.
“Obviamente a Media Molecule e a Sony juntas trataram seriamente do assunto. ‘LBP’ deve ser divertido para todos. Então, dentro de 12 horas de discussão sobre esse problema envolvendo uma música, preparamos uma patch automático instantâneo e já tínhamos um novo disco imagem pronto; entretanto, uma decisão foi feita internamente pela Sony que a coisa certa a ser feita pela qualidade e pelo suporte às pessoas sem internet foi substituir os discos existentes. Eles nos asseguraram que estão fazendo tudo que estão ao seu alcance, da maneira mais rápida possível, e vão anunciar novas datas em breve”.)

————————————————-

(Algum desocupado, que não tinha nada melhor pra fazer e que deve ter problemas de relacionamento sérios, estava jogando o beta de LittleBigPlanet e ouviu duas frases em uma das músicas do jogo que lhe pareceram familiares. Acontece que o desocupado falava árabe e as frases eram em árabe.
Acontece que as frases eram duas citações do Corão, o livro sagrado da fé Islâmica.
Acontece que o desocupado supracitado resolveu escrever no fórum da Sony que considerava ofensivo o fato de seu livro sagrado ser citado em uma música.
Acontece que a Sony agora vai retirar a música do jogo, e com isso o lançamento do jogo foi atrasado em uma semana.

É… eu vejo tudo e não morro.

Só por curiosidade, as duas frases querem dizer “E toda alma deve provar o gosto da morte” e “tudo que está na Terra perecerá”. Será que se eu falar que considero ofensivo o fato de terem transformado Kratos em um bichinho fofinho eles tiram o personagem do jogo?
Até que ponto as crenças de alguém podem ditar as regras em uma indústria multimilionária como a dos videogames? Será que o mercado árabe é altamente estratégico para a Sony em sua busca pela dominação mundial? Será que os caras não podiam simplesmente dizer “Ok. Entendemos, mas se você se considera ofendido, não jogue, oras bolas. Agora dá licença que tenho mais o que fazer”?
O problema todo, na minha opinião, nem é o fato do jogo ser atrasado, mas o fato da Sony resolver tirar a música do jogo. O problema mesmo é a abertura de precedentes. Se todo mundo que se sentir ofendido com alguma coisa começar a exigir mudanças em jogos, os jogos vão desaparecer. E daí não teremos porquê escrever no Continue, por exemplo.
Lição Toon de hoje: antes de colocar músicas com frases em outra língua no seu grande hit do ano, contrate um tradutor.

[via Arstechnica]

UPDATE: MediaMolecule diz “patch”. Sony diz “Recall”. Sony rula.

Em seu site, a produtora de LittleBigPlanet disse que queria lançar um patch para remover as frases ofensivas da música do jogo, mas a Sony resolveu que a única maneira de consertar a burrada era um total recall do jogo.
De acordo com o post, a MediaMolecule já tinha preparado um day-0 patch (uma correção automática online) e uma nova imagem do disco. Mas a Sony resolveu que tinha que pensar nos pobres coitados que não possuem conexão com a internet em seus PS3 e que o melhor a fazer era chamar todos os discos de volta à base, destruí-los e começar tudo do zero.
Enquanto isso, no fórum onde essa idiotice toda começou, o suposto usuário que deu o pontapé inicial nessa questão toda postou um pedido de desculpas por “parcialmente causar o atraso do lançamento do jogo”.
“Parcialmente”?? Qualé! A culpa é toda tua!

[via videogame247])

————————————————-

Excerpt from MTV Multiplayer October 21, 2008
————————————————-

Given all the discussion of Toumani Diabate’s song, what hasn’t been explained is what the song is actually about. His label provided MTV Multiplayer this description:
In the song, “Tapha Niang” (taken from the World Circuit/Nonesuch album “Boulevard de l’Independance”), the singer, Moussa Diabate, adapts a traditional Malian song about the death of a much-loved hippopotamus who has been shot by a white hunter.
In the original song (Mali Sadjo) the griots of the village sing about how difficult it is to be separated from your loved one in death.
The singer adapts this song in “Tapha Niang” to lament the death of his brother Mustapha, who died very young as a child.
Moussa draws on the excerpts from the Koran to console him & help him overcome his bereavement.
In this way, his intention (”Neeyah” in Islam) is a good one. He is not blaspheming or taking the Koran out of context.
He is trying to draw strength from the words of the Prophet.

(”kollo nafsin tha’iqatol mawt”, literally: ‘Every soul shall have the taste of death’).
(”kollo man alaiha fan”, literally: ‘All that is on earth will perish’).

It is important to remember that everyone – no matter who you are or what you do – will die one day. It is the will of God.

————————————————-

diabate

Cara, parece até piada surreal! Em pleno ano de 2009 e ainda estamos discutindo assuntos como estes.
Vamos lá pessoas desse LittleBigPlanet, viremos a página!

Como algo tão lindo pode ser interpretado dessa forma?
Que perigo há nessa letra?
Que desrespeito há manter a letra da música num jogo?

Quanta babaquice!

O que mais me deixa triste, é que mesmo que nosso árabe não seja tão fluente assim, ainda tem gente que move montanhas por coisas tão, tão, tão dispensáveis.

Quem está mais errado? O tiozinho que reclamou, o tiozinho que colocou a música na trilha ou o tiozinho da Sony que mandou fazer o patch pra remover as frases ofensivas do tema?
Seja qualquer um dos três, santo tiozinho que colocou a música na trilha. Sem ele… Hehehe…

Pontos pro Mr. Diabaté. É impressionante que uma canção, que esteja disponível por mais de dois anos, somente está recebendo agora a atenção controversa para sua inclusão no jogo do PS3 da Sony.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s