125- Estes Dias

Those days…
Um filme, um presente, uma conquista, uma música, um amor, uma língua, um coração machucado, um momento, uma data especial…

Minha vida nunca esteve tão deliciosamente atribulada.
Sem tempo para gastar como deveria com os que amo. Desculpem-me.

Saudades é a palavra da vez.
Às vezes, a saudade é tanta e por coisas tão simples, que não sei explicar o porquê de me sentir assim.

Sim, sinto saudades inexplicáveis…
Estou apaixonado pelas coisas comuns, pelos pequenos detalhes que passam invisíveis aos muitos olhos.
Os meus se focam precisos nessas vírgulas e pontos de um todo. Quase nunca visualizo o macro, apenas pedaços perdidos…

Sinto saudades de assistir tv com minha irmã.
Sinto saudades de jogar Ds com os amigos.
Sinto saudades dos que já não cumprimento mais.
Sinto saudades daqueles que ainda não desistiram de mim.
Sinto saudades daqueles que já se foram.
Sinto saudades de bater papo cabeça nas altas horas da madrugada.
Sinto saudades de ao abrir os olhos pela manhã, compreender que dormi fora de casa…

Estou realmente diferente.
“In love” pela poesia da vida.

Emocionando-se descontroladamente com replay de filmes famosos e que já não são tão surpreendentes assim.
É como se fosse a primeira vez que eu os visse e estivesse dez vezes mais emocional.

Presentes? Quase todos os finais de semana…
Aprendi que mais legal do que ganhar é dar e que receber, é literalmente um dos maiores presentes na vida.
Claro que dar presentes é bem mais legal se vc não seguir uma data específica, regras ou cobranças.
O presente perfeito precisa seguir quatro passos fundamentais: ser sempre intuitivo, descompromissado, por impulso e o mais importante dentre todos, ter a cara da pessoa a se presentear.

As pessoas que escolho pra presentear também são singulares.
Às vezes, elas nem fazem parte da minha vida, são apenas viajantes passageiros que pincelam tatuagens na minha pele, mas que de alguma forma são peças fundamentais para minha iluminação.

Ah sim, também me dou muitos presentes e isso também é bem legal.
Bacana ter o poder de se mimar um pouco.
Isso só não pode ser maior do que os planos futuros… Ah, isso não!

O trabalho consome muitos neurônios, mas sem sombra de dúvidas é a minha maior conquista.
Estar naquele ambiente com aquelas pessoas é antes de tudo minha prioridade número um.
Conquisto um pouquinho mais de espaço a cada dia que resisto, que persisto.
Sacrifico muitas coisas para estar ali e acredito que esse é o melhor caminho a se seguir.
Não há preço que pague a satisfação e o orgulho em ver seu trabalho produzido.
É a melhor faculdade que eu poderia imaginar ganhar, levando-se em consideração que ainda sou pago pra isso.

Air, Aya, Beck, Cyndi, Lady Gaga, Lily, Pet, Tina, Utada…
Qualquer hora é hora pra plugar música à alma.
Seja no trem indo pro trampo, seja nas altas horas da madrugada numa crise de notívago.

Meu amigo clarinho de 120 gigas sempre está comigo.
Ele é infalível e nunca me deixa na mão, apesar de estar a todo instante na palma dela.
Levo minha trilha sonora para todos os lugares. Influencio e chateio as pessoas por onde quer que eu passe.
É mais forte que eu. É a minha marca registrada.

Alguém…
Alguém tão especial que sangra o coração…
Mais presente do que muitos que estão ao meu lado…
E ainda assim um Brasil inteiro de distância…

Preocupação…
Respeito…
Confissão…
Admiração…
Amor…
Paixão…
Amizade…

É tão fácil quando é recíproco, que todas as dificuldades se perdem no caminho.

Falta muito pra se tornar uma árvore com copa formosa, mas quando se tem bom solo e boa luz, as folhas se multiplicam e o crescimento é progressivo.
Por mais que as formigas insistam em cortar e picar, por mais que o vento seja forte a soprar… A arvorezinha vai criando raízes profundas, base e estrutura para finalmente se projetar acima do solo…
Não adianta apenas crescer por baixo da terra… No subsolo ninguém consegue te contemplar.

A cada aula, novas palavras.
É como voltar a ser criança.
Aprender e se especializar num idioma diferente do seu é ousar-se por pensamentos e imaginações que estão um pouco além do nosso padrão.
É fazer parte de um outro mundo estando no seu próprio território.
É desplugar-se da rotina e embarcar numa viagem de ponta-cabeça. É recomeçar, reestruturar-se, pensar sob uma perspectiva diferente…
É sonhar atingir um lugar distante e exótico. É o primeiro passo para realizar esse sonho.

E quando se tem a verba, quando se desdobra o tempo e quando se obtém a vontade, falta o coração.
Descobri da forma mais bizarra que a ignorância é sábia.
Foi no meu teste de resistência na esteira da academia, que descobri que meu coração precisava ser estudado com mais cuidado.

Tudo bem, fé e um pouco de confiança são bons amuletos, assim como menos colesterol e um copo de vinho são bons remédios.
Vai dar tudo certo.
O chato são os exames que não acabam mais.

Tá vendo?
É só começar a usar o bichinho que ele dá pane.

Oh, Wizard Of Oz, preciso encontrá-lo para um pedido! Fada Branca, mostra-me o caminho dourado…

Tantas coisas pra falar, tantas impressões para registrar…
Novos amigos, novos games, novos trabalhos, novas perspectivas, novos objetivos, novos sonhos…

Chega logo feriado! Chega logo!

Por enquanto ainda estou sem previsão de internet em casa.
Estava com 8mb de Virtua da Net, feliz da vida, quando descobrir que os quase 700kbps que eu usava pra navegar, não eram os mesmos que eu usava pra baixar arquivos no Torrent.
O Virtua faz o famoso “Traffic Shapping” em programas P2P como o Utorrent e o BitTorrent.
Os 700kbps caiam pra 20kbps quando eu abria o Torrent.
Imaginem baixar o último episódio de Lost, com milhares de Seeds e Peers com apenas 20kbps de velocidade!

Voltei pro Speedy sem pensar muito. Pelo menos ele nunca havia dado problema com o Torrent.
O problema é que já estou há mais de um mês esperando o sinal do Speedy chegar e nada.
Já recebi dois kits de modem e ainda não há previsão da liberação do sinal.
É mole ou quer mais?
Justo agora que eu comprei uma Web Cam bacanuda!

O PS3 até consegue encontrar uma conexão wireless aqui na minha sala, mas falta a chave… Hehehe…

Ufa! Acho que falei sobre tudo.
Tava precisando escrever.
É bom botar os pensamentos e acontecimentos em palavras. Dá pra enxergá-los fora da mente.

Ah sim, o momento ainda está pra acontecer.
Nem que para isso eu tenha que arrancar todos os dentes, mas vai ser fantástico, eu sinto.

Já a data especial aconteceu dia 28 de Março: o níver do meu velhinho.
Acho que fazia mais de vinte anos que eu não ia com meus pais e minha irmã à pizzaria.
Precisamos repetir mais vezes. Foi extremamente agradável.

E por último, num desses domingos de muito sol, convidei minha mãe para ir até o Shopping Eldorado ver uma vitrine de Faber Castell que eu ajudei a criar.
A dita cuja já não estava mais lá, mas valeu a ida com a minha velhinha para botar o papo em dia e almocarmos despreocupados naquela gostosa praça de alimentação.
Cruzar a cidade num domingo é realmente um programa calmo e tranquilo.
Na volta, passamos pela padaria Bella Paulista. Compramos aqueles deliciosos pães doces. A Liberdade a gente deixou para outro dia.

Ps: A primeira foto foi tirada pelo garçon na Valpolicella. A segunda foi dentro do Eldorado:

pai-birthday

5 Respostas para “125- Estes Dias

  1. Parabens p/ seu pai e bjs pra sua irma e mae! Saudades de vcs!!!

    Pelo visto vc ta com um mega centro de entretenimento, heim…. cuidado, se meu irmao souber ele vai “chupinhar” assim como fez comigo!!!! ^^ hehehe

    ow, um recado: a Veresa mandou um bjao pra vc! (mesmo estando longe, ela nao nos esqueceu ^^) ah, agora casadissima!

    bjssssss

  2. sabe, como é engraçado isso.. o que tu escreve traz uma paz para quem te lê… mesmo a tua vida estando tão atribulada hehe
    saudades de ti meu amigo, saudade de conversar sobre o Lost.. sobre livros, filmes, passeios, vida!
    tu é uma pessoa que eu não quero nunca perder o contato.
    Ter te conhecido tanto aqui como pessoalmente foi muito legal! adoroo!
    Beijão!

  3. Qual seu PSN ID?

    Por enquanto soh tenho o Ed eo Felix registrados.

    T+

  4. Saudade João!!!

  5. Hey, John-John

    Saudades, garoto!
    Precisamos nos encontrar um dia desses.
    Abs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s